Welcome, Guest. Please login or register.

Author Topic: Sean fica no Brasil até decisão do TRF-2  (Read 1083 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Brandy

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 112
Sean fica no Brasil até decisão do TRF-2
« on: June 25, 2009, 09:05:25 PM »
Por Gabriela Galvêz
 
Enquanto não for julgado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região de quem é a guarda, o menino Sean Goldman deverá ficar no Brasil. O desembargador Fernando Marques deu efeito suspensivo à apelação do padrasto de Sean, João Paulo Lins e Silva, contra a decisão que determinou a entrega do garoto ao Consulado Americano em 48 anos.
 (para ler a decisão,acessar o site conjur)
 
Fernando Marques também concedeu liminar suspendendo o regime de transição da guarda, estabelecido pelo juiz da 16ª Vara Federal do Rio de Janeiro, Rafael Pereira Pinto. O juiz determinou que sempre que o pai biológico, David Goldman, estiver no Brasil, Sean vai ficar em sua companhia das 9h de segunda-feira até as 20h de sábado. Do final da noite de sábado até segunda de manhã, o garoto ficaria com o padrasto, João Paulo Lins e Silva.
 ( (para ler a decisão,acessar o site conjur)
 
O desembargador Fernando Marques considerou que, se Sean voltasse aos Estados Unidos, quaisquer recursos que modificassem a decisão de primeira instância se tornariam inócuos. Para Marques, o imediato retorno do menor ao país de origem evidencia risco de irreversibilidade. “Sobressai a plausividade do pedido de efeito suspensivo na medida em que o perigo de irreversibilidade da medida antecipatória constitui risco de lesão grave e de difícil reparação.”

Na liminar que suspendeu o regime de transição, Fernando Marques reconheceu a relevância de todas as alegações do padrasto de Sean. Segundo João Paulo Lins e Silva, "a decisão de transição importa em verdadeira mudança de família, com ruptura de laços afetivos de Sean". O padrasto afirma também que o menino não está preparado para as mudanças decorrentes do regime e que David Goldman não possui no Brasil estrutura, residência e organização doméstica para receber o filho. O padrasto alega que “Sean não pode servir de joguete, nem ficar de uma família para outra”.

Histórico
Sean nasceu nos Estados Unidos e morou naquele país até 2004, quando, aos quatro anos, veio para o Brasil com a mãe, Bruna Bianchi. No país, Bruna obteve a guarda de Sean, pediu o divórcio e casou-se novamente com o advogado João Paulo Lins e Silva. No ano passado, ela morreu de complicações no parto da segunda filha.

No dia 1º de junho, o juiz Rafael Pereira Pinto, da 16ª Vara Federal do Rio de Janeiro concedeu a guarda de Sean ao pai biológico. A determinação era de que Sean voltasse aos Estados Unidos de forma imediata e o juiz fixou um prazo de 48 horas para que ele fosse apresentado ao Consulado dos Estados Unidos. Antes das 48 horas, contudo, o ministro Marco Aurélio concedeu a liminar para manter o menino no Brasil.  Em decisão de 16 de junho, o mesmo juiz da 16ª Vara Federal do Rio resolveu estabelecer regime de transição da guarda, que aconteceria no Brasil.

http://www.conjur.com.br/2009-jun-25/enquanto-guarda-nao-for-julgada-trf-sean-devera-ficar-brasil

Offline Sashia

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1124
Re: Sean fica no Brasil até decisão do TRF-2
« Reply #1 on: June 25, 2009, 09:33:30 PM »
Eles também dizem que o Sean não pode estar com David durante 6 dias pela semana. Eles dizem que causaria dano a Sean.
Eu estou muito doente. David pobre, Sean pobre.

 
 
 

Offline JuliRosi

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 622
Re: Sean fica no Brasil até decisão do TRF-2
« Reply #2 on: June 26, 2009, 03:06:42 AM »
Justiça vergonhosa! Não querem mesmo retornar o Sean ao pai!

Offline Sandra

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 191
Re: Sean fica no Brasil até decisão do TRF-2
« Reply #3 on: June 26, 2009, 03:35:48 AM »
Isso  mostra tao claramente que as palavras ditas em entrevistas e reportagens  que o que eles dizem nao condiz com o que eles fazem. Eles dizem que o David nao procurava o Sean mas eles mostram cada vez mais que eles é que colocam uma pedra em cima  da outra criando um muro enorme entre pai e filho.

Essa história toda também está mostrando ao Brasil a imensa sujeira que existe no nosso sistema de Justica. Como é um caso que está sendo disputado na media estamos vendo claramente que quem tem dinheiro e entende de leis consegue colocar uma liminar atrás de outra até cansar, exaurir  e fazer desistir qualquer ser humano normal, colocando a justica como última coisa a ser atingida, se for!

Offline claudia

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 79
Re: Sean fica no Brasil até decisão do TRF-2
« Reply #4 on: June 26, 2009, 06:48:53 AM »
Bom dia,
E eh por isto que precisamos divulgar incansavelmente a peticao para o STF sobre a Convencao da Haia.
http://petitononline.com/88010301
Abracei esta causa, enquanto isto vou rezar e mandar e-mails.
Um abraco a todos.