Welcome, Guest. Please login or register.

Author Topic: Mais um desabafo...  (Read 1253 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Roberta Palermo

  • Sr. Member
  • ****
  • Posts: 356
    • http://www.robertapalermo.com.br
Mais um desabafo...
« on: December 24, 2009, 03:26:24 AM »
Tic tac, tic tac, tic tac, bum!
Não parecia ser uma bomba relógio, mas no fundo, no fundo, tinha todos os componentes de uma bomba prestes a explodir. Passou um ano, dois, chegou ao quinto. A história aconteceu em uma família rodeada de advogados por todos os lados.
O personagem principal já foi o ex-padrasto da criança e agora, para onde ele foi? E como ficará a vida dele depois da declaração de sua ex-sogra que diz que no Brasil, após o falecimento da mãe, a avó tem plenos direitos de ficar com a criança? Ele também terá que disputar a guarda de sua filha com ela? Terá que viver eternamente com a ex-sogra? A nova esposa terá que morar lá também?
A avó virou lider e passou do limite adequado ao falar coisas absurdas. Como podemos dar credibilidade aos textos escritos por ela e as declarações à imprensa se ela definitivamente não processa o conteúdo investigado, não valoriza os especialistas que já declararam que a criança sofre alienação parental? Ela insiste em dizer que não deixaram o neto falar. Ela não percebeu que todo mundo sabe exatamente o que ele vai dizer? Por que ninguém ajuda essa sra a não passar por esse papel ridículo?
Ela deu o azar da filha ter se casado com um homem que quer ser pai, quer cuidar da criança. Existem mesmo outros pais que já teriam desistido ou teriam aceitado as migalhas que lhe sobrariam, atitude comum nos processos pós separação no Brasil.
Ela está arrasada porque o Lula não respondeu sua carta, como se isso fosse óbvio, como se o presidente tivesse que consolar sua perda e mais, tivesse que defender sua causa. Será que antes o presidente era tão validado assim por lá? O que vem abaixo dele não serve, porque tomaram a decisão de seguir a lei. Lei???
Muito mais do que seguir um tratado com outro país, um combinado, uma lei, estamos falando, acima de tudo do óbvio. Após o falecimento da mãe a criança fica com o pai. Os avós podem apoiar, assumir temporariamente, mas se o pai for um homem presente que tenha seu lar organizado para receber a criança, o filho é dele. Não há nada que desabone esse pai. Se houvesse já estaria estampado em todos os jornais. Eu confio totalmente na competência dessa família para desvalidar o pai. Se não há provas é porque não existem.
A cena real é a de um pai traído que teve seu filho levado de dentro de casa para nunca mais voltar. Uma família materna sem limites que apoiou os atos inadequados da mãe para protegê-la do homem que não ganhava muito dinheiro e não a satisfazia mais. Ele poderia ser o pior marido desse mundo, mas nunca poderia ser desvalidado como pai.
Vamos ensinar os nossos filhos a assumirem os seus erros. Se a filha foi morar no exterior, se encantou pelo lindo modelo, se casou, teve um filho e resolveu se separar, tem que assumir suas atitudes sem fugir.
Ele não a deixaria ir embora para o Brasil com a criança? Espero que não mesmo. Já acho o fim da picada uma mãe no Brasil poder mudar de cidade após a separação, ir embora para mais de 500, 100 km de distância e o pai não poder fazer nada.
E a mãe da criança morreu. Pode existir acontecimento mais surpreendente e improvável nessa história? Uma história que se transformou em um pesadelo macabro, cheio de tramóias, arranjos, subterfúgios e apelações.
A mãe foge de casa e encontra todos os recursos legais para viver como se o passado não tivesse existido. Se casa novamente com um poderoso advogado, engravida e morre no parto?? Há quem diga que foi castigo. Há quem diga que foi uma fatalidade sem precedentes. E se a mãe não tivesse morrido?
Esse menino teve que deixar para trás sua vida organizada aos 4 anos. Agora vai deixar tudo novamente, aos 9 anos. A mãe morreu. O pai foi totalmente desvalidado. O que espero agora? Que essa criança seja resiliente e faça desse limão, uma limonada. Espero que essas perdas, as frustrações o ajudem a crescer forte, determinado a ser feliz. Que as perdas da infância sejam ganhos na adolescência e na vida adulta.
Para a avó, desejo que descubra que o mundo não gira em torno de nossos interesses, que enxergue que existem convenções sociais de paz a serem seguidas e que os pais são mais importantes do que os avós. Que entenda que por mais que ela não goste, esse é o pai que o menino tem.

Offline MCD

  • Sr. Member
  • ****
  • Posts: 304
Re: Mais um desabafo...
« Reply #1 on: December 24, 2009, 12:43:31 PM »
Linda a sua carta Roberta. Voce e uma pessoa com uma lucidez incrivel.

Offline Mom25

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1290
Re: Mais um desabafo...
« Reply #2 on: December 26, 2009, 01:48:08 AM »
Quote from: Roberta Palermo;58610
.
O personagem principal já foi o ex-padrasto da criança e agora, para onde ele foi? E como ficará a vida dele depois da declaração de sua ex-sogra que diz que no Brasil, após o falecimento da mãe, a avó tem plenos direitos de ficar com a criança? Ele também terá que disputar a guarda de sua filha com ela? Terá que viver eternamente com a ex-sogra? A nova esposa terá que morar lá também?


Eu sempre penso nisso... como ela pode ANIQUILAR o PODER FAMILIAR/Patrio dessa forma... Enfim, como nao importa... mesmo porque ela esta agora vivendo as consequencias do que plantou... agora vamos assistir de camarote o que a VoCruella vai fazer para ficar com Chiara, e com o LeS vai reagir... para 'proteger' sua unica filha... !
Mom25 (She of Many Names)
A união faz a força

Offline Mabime

  • Jr. Member
  • **
  • Posts: 11
Re: Mais um desabafo...
« Reply #3 on: December 26, 2009, 08:05:51 AM »
Se existisse decência em algumas pessoas essa criança, ao invés de ter viajado para os EUA faz poucos dias, poderia muito bem ter feito o trajeto oposto, ou seja, poderia estar nesse exato momento no Brasil devidamente autorizado pelo pai em viajem de férias visitando a avó, irmã, tio, etc.

Offline Lianne

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 40
Re: Mais um desabafo...
« Reply #4 on: December 26, 2009, 08:11:58 AM »
Quote from: israsant;60514
Quando eu leio comentarios como o seu, fico pesando ate quando como pode ter pessoas ignorantes como voce que em um momento como esse, ignoram a dor da Avo, e´muito facil criticar ou tirar conclusoes se saber te todos os fatos.
Qual a sua opniao sobre as 11 criancas que estao (sequestradas nos USA ?). Oque voce acha do pai tao amoroso que nao fez sequer 1 visita em 4 anos ao filho ? outra coisa oque a senhora terapeuta familiar achar dos $150.000,00 que o Sr Goldman recebeu para retirar o nome dos avos do processo ?, afinal culpado e´culpado quando estamos procurando justica, ou $$ paga a inocencia ?.
O dia que o Brasileiro comecar a valorizar o Brazil e parar de achar tudo fora e´melhor , talvez as coisas mudem.
Sou Pai , morei nos USA por 12 anos , ainda tenho negocios aqui .
Como terapeura familiar oque voce acha que pode ter levado uma esposa abandonar seu lar , sair de uma vida estavel e levar seu filho para de volta para outro pais , sera que e´devido ao marido nao ser um bom pai ?, pelo que os fato indical e confirmado pelo SR goldman, ele nao trabalhava e ela tinha que manter a casa toda, interessante como o Sr goldman se preocupava com o Filho ??, essa preocupacao se mostrou por 4 anos sem se quer ver o filho.
Sou Pai , e se isso acontecesse comigo eu estaria no primeiro voo em busca de minha filha , para vela e brigar por ela, mais nunca deixaria de lutar para vela, e $$ algum pagaria pela inocencia dos culpados, no caso do Sr Goldman $150.000, pagaram.
Ainda bem que voce colocou seu nome e website, pois isso me ajuda a nuncar entrar em seu consultorio por engano em busca de ajuda.



------------------------------------
Vc so pode ser dessa familia devil para dizer isso!. Deve ser mesmo para continuar mentindo. Por falar em familia from hell sobre a Silvana Bianchi...

Esta mulher é uma esclerosada.
Não basta ter manipulado a filha para trair o marido e abandoná-lo, proibindo de ver o garoto.
Não basta terem usado a justiça para liberar um divórcio que não foi consentido pela segunda parte. Não basta ter casado pela segunda vez sem estar oficialmente separada.
Não basta proibir o pai de ver o filho e ter a cara de pau de mentir em rede nacional, que não proibiu.
Não basta ter calúniado esse homem, inclusive falando até do desempenho sexual do mesmo.
Não basta dizer querer substituir o pai da criança por um padrasto que só está interessado em seus próprios interessees.
Não basta ter perdido a filha por tanta maldade que foi feita com esse homem, mas ainda sim não aprendeu a lição.
Não basta ter feito esse homem viajar duas vezes ao Brasil e quando ele chega aqui, bate a porta na cara.
Não basta fazer esse homem sofrer mas do que ele já sofreu.
Não basta tanta hipocrisia e mentira.
Não basta ter um advogado perdedor, hipócrita e mentiroso.
Não basta fica usando a mídia pra essa novela mexicana e sem nenhum fundamento.
Expor o menino daquela maneira, mentindo dizendo que o consulado não ofereceu a garagem, sendo que o que eles mais queriam era pegar logo esse menino.
Não basta a alienação parental que fizeram na cabeça da criança contra o pai.
Nunca vi tanta imundície junta, essa famíla é a escória desse país, a vergonha.
Deixem David e Sean em paz, vocês já perderam, parem de tentar provar que quem manda aqui é vocês.

Offline Firebird

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 27
Re: Mais um desabafo...
« Reply #5 on: December 26, 2009, 01:16:08 PM »
Hate generates hate.