Welcome, Guest. Please login or register.

Author Topic: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!  (Read 7521 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline JuliRosi

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 622
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #30 on: January 21, 2010, 01:36:29 PM »
Sinto muito há diferenças entre irmão e meio-irmão não é a mesma coisa, quando se é irmão de mesmo pai e mesma mãe. Além disso, você acha que eles deixariam a Chiara ir ao EUA sozinha com uma pessoa neutra? Será que já não estão fazendo lavagem cerebral na cabeça da menina, como fizeram na do Sean, para que ela diga o que eles querem quando vir o Sean para poder desestruturar o menino? Sinto muito! É difícil nã achar que irão usar a menina com desculpa para atormentar pai e filho! Não dá mesmo, na minha opinião todos os laços deve ser cortados, para evitar mais mal ao menino!

Offline JuliRosi

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 622
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #31 on: January 21, 2010, 01:39:16 PM »
Crueldade é querer atormentar o menino, como a Silvana fez na entrevista da Record, falando que a menina chora pelo Sean. Ela está fazendo mal aos dois netos! Não acredito que não estejam colocando coisas na cabeça da menina! Ela é muito cruel e não tem limites para fazer o que deseja!

Offline LauraA

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 27
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #32 on: January 21, 2010, 01:41:17 PM »
Ah gente, eu acho que pelo bem de Sean, eles deveriam esquecer essas divergências. Se a familia errou ao dificultar o acesso ao pai, o pai não deve fazer o mesmo com eles. Eu acho essas situação horrível. Mas imagina um filho que não vê o pai a 4 anos e de repente tem que ir morar com ele? O menino estava adaptado ao Brasil. Essa transição deveria ter sido mais demorada. tá certo que não deu para fazer aqui, mas coitado desse menino. Já teve o trauma de ter sido separado do pai, perder a mãe e agora essa separação brusca com a família brasileira, que querendo ou não, amava ele. Torço para que eles se entendam, pelo bem dele. Ño futuro, ele quem vai decidir.

Offline JuliRosi

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 622
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #33 on: January 21, 2010, 03:11:00 PM »
Desculpe dizer, mas pelas atitudes da Silvana e da família não será possível imaginar que haverá um dia condição de haver um bom relacionamento entre eles. A família materna do Sean com as sua ações só mostraram serem um perigo a sanidade mental do mesmo! Não há jeito, na minha opinião, se eles queriam que se achasse que eles queriam um relacionamento amigável, deveriam ter entregue o menino de boa vontade logo quando a Bruna morreu e não feito toda maldade que fizeram, como a entrega do menino no consulado e a constrangedora entrevista com a psicóloga! Não acredito em boa vontade deles, se eu fosse o David não acreditaria em nada vindo deles e cortaria qualquer contato deles com o Sean. Eles são pessoas perniciosas!

Offline Grace

  • Global Moderator
  • Veteran Member
  • *
  • Posts: 1981
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #34 on: January 21, 2010, 03:27:55 PM »
Laura, você está esquecendo que a família brasileira usou de todos os artifícios possíveis, inclusive alguns ilegais como querer mudar o nome do menino, para tirá-lo do pai. Além do mais, como a JuliRosi comentou, eles fizeram uma lavagem cerebral no garoto tentando modificar o seu passado e distorcendo a imagem do seu pai.
 
Eu tenho filhos. Se um parente (avó, tio, primo, etc) fizesse isto com meu filho ou filha, eu manteria este parente bem longe dele/dela.
 
Se a avó e avô ou o tio Luca mostrarem que são capazes de se relacionar com o garoto sem colocar minhoca na cabeça dele ou falar maldades, tenho certeza que o David irá permitir o contato (como já consentiu com os telefonemas). Mas pelo que vimos desta corja logo depois que eles saíram do consulado foi mentira atrás de mentira e promessas de trazer o garoto de volta, onde ele não pertence (o lugar dele é com seu único pai!). Dá para confiar neles? Acho que não! Se fosse meu filho ou filha, eu ficaria MUITO cuidadosa!
 
Quanto a meia-irmã, ela tem um pai (e logo terá uma madrasta) e com certeza terá outros meio irmãos. Ela pode gostar do Sean, mas ela é muito novinha e o esquecerá muito rapidamente. Além disto, a diferença de idade deles é bastante grande. Se ela quando crescer quiser visitá-lo, tenho certeza que o David será bastante receptivo. E com certeza não tentará abduzi-la como o pai dela o fez.
 
Por sinal, que pai é este que não cria a própria filha? Que não troca fralda e a coloca para dormir? Ocupado demais?
« Last Edit: January 21, 2010, 03:54:44 PM by Grace »

Offline LauraA

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 27
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #35 on: January 21, 2010, 07:46:12 PM »
Eu concordo com vcs que a família usou de todos artifícios legais para manter o menino aqui. Não foi certo. Mas imagine o desespero de ter que entregar uma criança que acaba de perder a mãe, a um pai que não a vê a 04 anos (mesmo não sendo por culpa dele)???? Imagino que a dor dos familiares brasileiros deve ter sido imensa. Porque afinal de contas, se a Bruna não tivesse morrido, ele estaria até hj sem ver o filho, pois ele preferiu não vê-lo para manter os conselhos de seus advogados. Não estou recriminando ele não, mas se fosse com um filho meu, eu iria ao pais de qualquer jeito.
 
Acho que é muito difícil ficar acusando as partes, pois a gente sabe mais a versão do David.
 
Fico muito triste pelo garoto, que terá que sofrer de novo uma grande perda, se adaptar a uma nova família e a costumes bem diferentes dos nossos.
 
Agora realmente a avó tem que parar com esse papo de conseguir a guarda de volta. A partir do momento que ele saiu do Brasil, creio que será praticamente impossível. Ela deveria se colocar no lugar do David, ver o que ele passou durante esses anos, pedir perdão e tentar um relacionamento.
 
Se o pai realmente o amar, creio que vai liberar as visitas no USA. É realmente o que espero, pelo bem de Sean.
 
Fico angustiada só de pensar como esse menino deve estar sofrendo. Apesar do video mostrar ele rindo, brincando, imagino a dor dele ao deitar na cama e ver que a vida que ele passou no Brasil acabou e que agora ele mora lá com um pai "estranho", um tanto de parente que ele nem lembra....
 
Sinceramente...

Offline liesl78

  • Global Moderator
  • Veteran Member
  • *
  • Posts: 2105
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #36 on: January 21, 2010, 09:48:14 PM »
Tenho certeza que o Sean terá contato com a família materna em breve, mas eles precisam dar a Sean e David muito espaço para que ele readapte a vida dele em NJ.
Liesl78
Moderator
BringSeanHome.org

Offline JuliRosi

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 622
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #37 on: January 22, 2010, 01:22:54 AM »
Não acredito que o menino esteja sofrendo e se está com problema é por causa das ações deles torturando o menino psicológicamente! Como já disse não acredito em boa vontade deles! São pessoas que não se pode confiar! Tem que cortar qualquer contato mesmo!

Offline Ana Cristina Costa

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 94
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #38 on: January 22, 2010, 05:57:59 AM »
Para a Chiara não faz diferença alguma. Ela não tem idade para entender o fator "tempo" ainda. É mentira que ela anda pela casa perguntando pelo Sean, nenhuma criança de 1 ano e 5 meses faz isso. A essa altura ela nem lembra mais dele. Sean obviamente lembra da irmãzinha mas não creio que seja "apaixondo" por ela. Ele a ama como qualquer irmão ama a irmã "bebezinha". Não existe uma conexão verbal estabelecida ainda, por causa da pouca idade dela, os dois ainda não se "entenderam", ainda não formaram uma ligação visceral maior do que a simples imputada pelas palavras e coesão da avó.

Não há como um menino de 9 anos, quase 10, "brincar" com uma criança de 1 ano e meio. O interesse dele acabaria em poucos minutos. Isso é fato da idade. Sentir saudades uma vez ou outra sim, mas dizer que Sean sente MUITA saudade de uma irmã que ainda é um bebê é fantasia.

Tenho certeza que a Silvana enchia a cabeça do Sean dizendo que ele agora era o irmão grande da Chiara, que ele agora era o homenzinho da família, que ele tinha que proteger ela, etc... ou seja, colocando nos ombros do menino responsabilidades e lealdades que uma criança de 8 anos (na época) NUNCA deveria ter. Tenho certeza que essa avó louca fez chantagem emocional com o Sean até o último minuto.

Aliás, dar o nome a uma filha baseado em personagem de novela das 8 da Globo é uma pequena amostra da cabeça torta que Bruna tinha.

Claro que David permitirá que Sean fale com a avó ao telefone de vez em quando porque ele quer que o filho seja feliz, mas infelizmente essa mulher não tem qualquer escrúpulo e aposto como já está fazendo chantagem emocional via telefone. Deve ter chorado dizendo o quanto o ama e o quanto sente sua falta, que a casa não mais a mesma sem ele, etc... quando uma criança no estado emocional dele NUNCA deveria ter que ouvir isso!   Se ela continuar se lamuriando no telefone o próprio Sean não vai querer mais falar com ela, porque como diz o David, ele quer ser FELIZ e instintivamente se protegerá.

Se eu tivesse como fazer algumas sugestões ao David, eu lhe diria que conseguisse através de uma órdem judicial que a Silvana só possa falar com o Sean no telefone APÓS iniciar tratamento psicológico para entender que o que ela fez com o neto foi muito ERRADO e que ela NÃO pode continuar a chantagear o menino. Existem laudos feitos por 3 peritos que COMPROVAM que Silvana e cia torturaram Sean durante anos, usando inclusive técnicas de alienação parental na criança. Diante de tal constatação, é sabido que o contato, principalmente verbal, entre ela e Sean pode ser MUITO prejudicial para a saúde mental dele. Na minha opinião Silvana só deveria ter permissão para falar com o neto, depois de "liberada" por um psicólogo designado pela parte de David. Pois deixar essa mulher continuar com a tortura via telefone é inadmissível.
David, you are a true inspiration to all of us! :clapping:
I know Sean will be the happiest son ever because
he has the best father any child could wish for ;)
God bless you for never giving up!



Offline Ana Cristina Costa

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 94
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #39 on: January 22, 2010, 06:13:20 AM »
Laura o Sean não terá que se adaptar a novos costumes, instintivamente, geneticamente, ele relembra como era viver em NJ. É um processo instintivo, primitivo. Sean nasceu em NJ, e até os 4 anos de idade só conheceu NJ.

Viver no Rio de Janeiro é que FOI uma adaptação!

Voltar a NJ é natural para ele pois o lugar onde nascemos e vivemos até os 4 anos de idade fica para sempre dentro da pessoa. NUNCA vão tirar de Sean o fato dele ter nascido e vivido os primeiros 4 anos da vida dele em NJ.

Sean reconheceu muitas coisas assim que entrou na casa onde viveu sua primeira infância, se ele foi capaz de espontaneamente, de cara, reconhecer detalhes como as marcas dos dentinhos no corrimão da escada, vc pode ter a certeza que todas as vezes que olha para o pai, ele relembra muitos e muitos momentos felizes que teve em seus braços.

Eu estou segura que Sean se sente em CASA!  
David, you are a true inspiration to all of us! :clapping:
I know Sean will be the happiest son ever because
he has the best father any child could wish for ;)
God bless you for never giving up!



Offline Ana Cristina Costa

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 94
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #40 on: January 22, 2010, 06:27:31 AM »
Laura David nunca foi e nunca será um ESTRANHO.
De onde vc tirou isso?  MESMO sofrendo alienação parental por parte da família brasileira, 4 anos e meio depois de ter sido separado de David, Sean correu para os braços do pai e o chamou de pai!  Quem viu o encontro do dois naquele lindo dia de verão, jamais imaginaria que eles estiveram separados por uma semana que fosse!  TENTARAM SIM, fazer com que Sean odiasse o pai, mas o amor que David plantou em seu coraçãozinho foi tão maior que Sean, apensar da chantagem emocional, NUNCA deixou de pensar no pai e de amá-lo muito. A prova está na forma com ele o recebeu depois de 4 anos e meio de ser mantido longe do pai.

É uma pena que vc pense que David é um estranho para Sean. Ele é o PAI que Sean tanto amava e por quem o menino provavelmente sonhava constantemente.


Eu te garanto que Sean sentiu MUITO mais falta do David nestes 5 anos e meio que foi mantido longe do pai, do que sentirá da avó e do pseudo padastro. No íntimo dele, ele sabia que o pai ia buscá-lo, que o pai não o havia abandonado. APESAR de toda lavagem cerebral que tentaram fazer com ele, inconscientemente Sean sabia que David estava buscando por ele, porque estas coisas do coração institivamente se sente. Sean nunca perdeu a esperança de que o pai fosse chegar para levá-lo de novo em seus braços.

E se até amigo do David ele reconheceu vc acha que Sean não se lembra dos parentes? Francamente...

Quote from: LauraA;66389
... Apesar do video mostrar ele rindo, brincando, imagino a dor dele ao deitar na cama e ver que a vida que ele passou no Brasil acabou e que agora ele mora lá com um pai "estranho", um tanto de parente que ele nem lembra....
 
Sinceramente...
David, you are a true inspiration to all of us! :clapping:
I know Sean will be the happiest son ever because
he has the best father any child could wish for ;)
God bless you for never giving up!



Offline ProudDaddy

  • Sr. Member
  • ****
  • Posts: 258
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #41 on: January 22, 2010, 06:46:37 AM »
Quote from: JuliRosi;66349
Sinto muito há diferenças entre irmão e meio-irmão não é a mesma coisa, quando se é irmão de mesmo pai e mesma mãe. Além disso, você acha que eles deixariam a Chiara ir ao EUA sozinha com uma pessoa neutra? Será que já não estão fazendo lavagem cerebral na cabeça da menina, como fizeram na do Sean, para que ela diga o que eles querem quando vir o Sean para poder desestruturar o menino? Sinto muito! É difícil nã achar que irão usar a menina com desculpa para atormentar pai e filho! Não dá mesmo, na minha opinião todos os laços deve ser cortados, para evitar mais mal ao menino!
Discordo com relação ao conceito irmão/meio-irmão (ou mesmo irmão adotivo): para mim vale os laços afetivos entre as pessoas. Discordo mais ainda em cortar os laços do Sean com seus parentes no Brasil, seria um mal maior ainda. E pior, em futuros casos Hague os outros "Tostes" vão se pegar neste precedente do Sean para pleitear a estadia permanente da criança no Brasil.

Offline LauraA

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 27
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #42 on: January 22, 2010, 07:09:00 AM »
Ana
 
Tomara que vc esteja certa. Espero sinceramente que ele tenha ficado feliz e que ele esteja bem do lado do pai.
 
Depois de tudo que ele passou, ele merece ser muito feliz e ter muita paz.
 
Mas não tenho essa opinião de que a avó/padastro são esses monstros. Eles realmente amam Sean e talvez fizeram tudo isso para proteger de um pai que o garoto não via há 04 anos. E convenhamos, se a mãe não tivesse morrido, não teria visto até hj. E outra, pode ser que Sean esteja indo tão bem, como foi mostrado no programa, talvez pq a família brasileira não tenha feito uma "lavagem celebral" tão grande assim. Eles tentaram lutar até o fim, mas com o garoto, deviam mostrar que o pai era uma pessoa legal.
 
É muito triste ver como as pessoas não conseguem se entender. Acho que o natural seria fazer uma transição com o garoto. Sei lá, ver o pai, viajar com ele pelo Brasil por uma semana, voltar para casa da avó e assim sucessivamente por uns meses. Depois ir morar no USA.
 
Acho que rompendo o contato com a avó e família, o mais prejudicado vai ser o Sean. Depois, se o amor deles realmente não for verdadeiro, o menino vai sentir e não vai querer encontrá-los.
 
Acho que o David deveria ser nobre a esse ponto e não fazer com os brasileiros o que foi feito com ele. Tenho certeza de que se fizer isso, o garoto vai amá-lo ainda mais.

Offline Ana Cristina Costa

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 94
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #43 on: January 22, 2010, 08:26:44 AM »
Laura minha querida, infelizmente três especialistas brasileiros avaliaram Sean por ordem de um juiz e chegaram à conclusão (cada um em separado, sem a influência do outro) que a família brasileira fazia lavagem cerebral sim. Chegaram a atestar em documento que cada dia que Sean ficava com eles mais chances teria de ser rompido o laço de amor que ele tinha com o pai. Diziam para o menino coisas como "seu pai não te ama, por isso nunca veio te ver", "seu pai te abandonou"e  por aí vai. Essas três avaliações por especialistas, constam no processo. Está lá, escrito preto no branco.

Só deixaram o Sean falar com o David no telefone em 2004 quando David e Bruna ainda estavam tentando acertar as "arestas". A partir do momento que a guerra foi declarada por ela, ele não conseguiu mais falar com o filho.

O David esteve no Rio 9 vezes entre 2005 e outubro de 2008. Ele esteve aqui em todas as audiências na esperança de que sua presença acelerasse o processo e demonstrasse o quanto ele queria que seu filho voltasse para casa. Todas as vezes David TENTOU falar com a Silvana e com o Raimundo (pai da Bruna) mas eles não atendiam suas ligações. Todas as 9 vezes em que ele veio ao Rio entre 2005 e 2008, ele tentou ver Sean mas a família brasileira o impediu.
Como prova ele tem os carimbos no passaporte (com as datas de entrada e saída do Brasil) e gravações telefônicas onde tenta falar com a casa dos Bianchi. Simplesmente batiam o telefone na cara dele assim que reconheciam sua voz.

Foi só com uma ordem judicial que David conseguiu finalmente ver Sean em fevereiro de 2009. Em outubro de 2008 um juíz concedeu ao David o direito de ver Sean mas João Paulo Lins e Silva na maior cara de pau fugiu com o menino na véspera da data agendada pelo juíz. Em qualquer país sério esse advogado inescrupuloso teria sido preso por desacato mas no Brasil a família Lins e Silva faz o que bem entende.

Foram preciso muitos outros processos e mais 4 MESES para que David conseguisse uma nova ordem judicial obrigando a família brasileira a DEIXAR que ele se encontrasse com o filho.

Em momento algum David deixou de procurar por Sean, e o amor do menino pelo pai era tão grande que mesmo sofrendo lavagem cerebral, ele sabia lá no fundo, que seu pai o amava e que não o procurava por algum motivo forte. Após o encontro dos dois em fevereiro de 2009, a família brasileira passou a fazer mais pressão ainda no menino.

Quando David conseguiu outra ordem judicial para ver o filho (só mesmo com ordens de um juíz porque Silvana se recusava a permitir o encontro de pai e filho), em Junho de 2009, Sean estava visivelmente abalado. E durante o encontro dos dois, chegaram a chamar Sean para subir ao apartamento e quando ele desceu estava ainda mais retraído.

A família brasileira fez de tudo para colocar o menino contra o pai. E aí é que foi o problema. Porque uma criança, especialmente uma criança inteligente como o Sean, percebe quando alguma coisa está errada...  

Por que sua avó insistia em dizer que seu pai não o amava?  Como assim?  Seu pai o amava muito, era seu melhor amigo!

O que a família brasileira fazia, ao pressioná-lo para esquecer o pai, para odiar o pai, ao invés de fazê-lo apagar as lembranças dos seus primeiros 4 anos, só o fizeram se agarrar à elas com mais força ainda!  Aquele pai que Sean tanto amava, que Sean tanto sentia a falta, vivia forte em seus sonhos, em suas lembranças, e avó Silvana tentando convencê-lo do contrário só fez com que Sean se agarrasse ainda mais às lembranças dos momentos felizes que passou com o pai. Sean passou 4 anos e meio recordando o pai carinhoso e amigo que tinha, e lutou bravamente contra a lavagem cerebral que tentaram fazer.

Com a alienação parental a que sujeitaram o menino, Sean passou a se sentir infeliz por não ter o pai ao seu lado, e aos poucos, de uma criança forte e segura, foi se tornando uma criança carente. Uma criança carente aceita amor de qualquer pessoa. Porque crianças precisam saber que são amadas. Sean se apegou à avó por carência e mais adiante veio a se apoiar também em João Paulo. Mas ninguém substituía o amor de seu pai, ninguém o fazia se sentir seguro e amado como ele se sentia nos braços do pai.

Longe do pai que tanto o amava, longe de sua casa, do bichinho de estimação, do seu quarto, da sua caminha, longe de tudo que ele conhecia, tudo que o fazia sentir seguro e feliz, Sean foi tentando se adptar à nova vida em um país que não conhecia, em meio a pessoas que não lhe eram muito familiar. Só tinha a mãe, o pai adorado, o amigo inseparável, havia sumido...

Se sentindo confuso, Sean seguiu relutando em aceitar a "verdade" que lhe era imposta. E em meio às informações desconexas que recebia da família brasileira, o menino relembrava e revia em sua mente os muitos momentos felizes que viveu com o pai. Foram essas lembraças do quanto era amado, do quanto se sentia seguro, do quanto era feliz, que fizeram com que a lavagem cerebral não surtisse efeito.

E assim passaram-se os anos. Em agosto de 2008 Bruna morreu. Sean queria desesperadamente ser amado, agora mais do que nunca, depois que seu pai "o abadonou" e sua mãe falecera. Com muito medo de ser deixado de lado, principalmente após o nascimento da irmã, Sean fazia de tudo para agradar à família brasileira.

Em foi em meio à esse turbilhão de emoções que ele pode finalmente rever o pai. Após longos 4 anos e meio de incertezas, Sean pode mais uma vez correr e se jogar nos braços do pai e imediatamente sentir que ele nunca deixara de amá-lo. A conexão que pai e filho tinham (que por sinal sempre fora mais forte do que a que tinha com a  mãe, motivo pelo qual Bruna até admitira ciúmes) estava intacta, apesar de tudo...

Claro que Sean gosta da avó e até do João Paulo. Afinal foram as pessoas que ele conheceu e conviveu nos últimos anos. Mas ele sabe que essas mesmas pessoas tentaram colocá-lo contra o pai e isso com certeza pesa muito na sua cabecinha. Como hoje em dia ele é uma criança carente e insegura, por causa do que a Bruna e sua família fizeram com ele, Sean vai continuar desejando ter contato com eles, porque pensa que é pouco amado, e não vai querer perder o "amor" de quem esteve com ele nos últimos tempos.

Que a avó gosta dele é óbvio mas isso não apaga o crime que essa mulher ajudou a filha a cometer. O dia que Sean entender tudo que aconteceu sentirá muita raiva da Silvana e da prórpia mãe, infelizmente.

Tenho certeza que David deixará que Sean mantenha contato com a família do Brasil, mas por um bom tempo acho que seria imprudente permitir que se encontrem pessoalmente. E obviamente não seria seguro deixar que estejam à sos com Sean pois provavelmente lhe causariam muito dano psicológico com cenas dramáticas e uso de chantagem emocional.

No lugar do David eu jamais permitiria que ficassem sozinhos com  Sean pois eu teria até medo de que o sequestrassem de novo.
David, you are a true inspiration to all of us! :clapping:
I know Sean will be the happiest son ever because
he has the best father any child could wish for ;)
God bless you for never giving up!



Offline JuliRosi

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 622
Re: DATELINE vai ao ar no BRASIL domingo!
« Reply #44 on: January 22, 2010, 08:58:26 AM »
Quote from: Ana Cristina Costa;66426
Para a Chiara não faz diferença alguma. Ela não tem idade para entender o fator "tempo" ainda. É mentira que ela anda pela casa perguntando pelo Sean, nenhuma criança de 1 ano e 5 meses faz isso. A essa altura ela nem lembra mais dele. Sean obviamente lembra da irmãzinha mas não creio que seja "apaixondo" por ela. Ele a ama como qualquer irmão ama a irmã "bebezinha". Não existe uma conexão verbal estabelecida ainda, por causa da pouca idade dela, os dois ainda não se "entenderam", ainda não formaram uma ligação visceral maior do que a simples imputada pelas palavras e coesão da avó.
 
Não há como um menino de 9 anos, quase 10, "brincar" com uma criança de 1 ano e meio. O interesse dele acabaria em poucos minutos. Isso é fato da idade. Sentir saudades uma vez ou outra sim, mas dizer que Sean sente MUITA saudade de uma irmã que ainda é um bebê é fantasia.
 
Tenho certeza que a Silvana enchia a cabeça do Sean dizendo que ele agora era o irmão grande da Chiara, que ele agora era o homenzinho da família, que ele tinha que proteger ela, etc... ou seja, colocando nos ombros do menino responsabilidades e lealdades que uma criança de 8 anos (na época) NUNCA deveria ter. Tenho certeza que essa avó louca fez chantagem emocional com o Sean até o último minuto.
 
Aliás, dar o nome a uma filha baseado em personagem de novela das 8 da Globo é uma pequena amostra da cabeça torta que Bruna tinha.
 
Claro que David permitirá que Sean fale com a avó ao telefone de vez em quando porque ele quer que o filho seja feliz, mas infelizmente essa mulher não tem qualquer escrúpulo e aposto como já está fazendo chantagem emocional via telefone. Deve ter chorado dizendo o quanto o ama e o quanto sente sua falta, que a casa não mais a mesma sem ele, etc... quando uma criança no estado emocional dele NUNCA deveria ter que ouvir isso! Se ela continuar se lamuriando no telefone o próprio Sean não vai querer mais falar com ela, porque como diz o David, ele quer ser FELIZ e instintivamente se protegerá.
 
Se eu tivesse como fazer algumas sugestões ao David, eu lhe diria que conseguisse através de uma órdem judicial que a Silvana só possa falar com o Sean no telefone APÓS iniciar tratamento psicológico para entender que o que ela fez com o neto foi muito ERRADO e que ela NÃO pode continuar a chantagear o menino. Existem laudos feitos por 3 peritos que COMPROVAM que Silvana e cia torturaram Sean durante anos, usando inclusive técnicas de alienação parental na criança. Diante de tal constatação, é sabido que o contato, principalmente verbal, entre ela e Sean pode ser MUITO prejudicial para a saúde mental dele. Na minha opinião Silvana só deveria ter permissão para falar com o neto, depois de "liberada" por um psicólogo designado pela parte de David. Pois deixar essa mulher continuar com a tortura via telefone é inadmissível.

É isso mesmo. A Silvana precisa de um tratamento para entender o quanto está prejudicando o menino! Provavelmente ela está mesmo fazendo chantagem emocional no Sean por telefone. Acho que nem psicólogo vai dar jeito nela, tem mesmo é que cortar de vez qualquer comunicação entre eles!