Welcome, Guest. Please login or register.

Author Topic: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman  (Read 9283 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Mom25

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1290
Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« on: February 27, 2009, 02:05:47 PM »
Leia aqui uma entrevista com Ricardo Zamariola Junior, advogado do escritório paulista Tranchesi Ortiz & Andrade, representante de David Goldman no Brasil.
 
"quote
Enviado por Eduardo de Oliveira -
26/2/2009

20:48

Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman




A brasileira Bruna Bianchi posa junto com o marido David Goldman e o filho Sean. Há quase 5 anos, Bruna levou Sean para o Rio de Janeiro e iniciou uma batalha judicial capaz de estremecer as relações diplomáticas entre Brasil e EUA. Foto: Aquivo de família.

A mordaça caiu: essa semana os jornais “O Globo,” “O Estado de São Paulo” e “Jornal do Brasil” publicaram reportagem sobre o caso Sean Goldman. “SBT,” “Folha de SPaulo” e “Veja” também devem quebrar o silêncio.

Leia agora uma entrevista com Ricardo Zamariola Junior, advogado do escritório paulista Tranchesi Ortiz & Andrade, representante de David Goldman no Brasil. Foi por causa de um pedido de Zamariola que, em decisão unânime, o Superior Tribunal de Justiça brasileiro resolveu tirar o caso da jurisdição do Rio de Janeiro e passar para fórum federal.

David Goldman, pai de Sean que se está no Brasil há mais de quatro anos, contratou Zamariola porque seu escritório já havia devolvido uma criança para a sua família na Suécia e outra para uma família na Califórnia, EUA.

Embora Zamariola não possa comentar novidades sobre o andamento do processo, tire suas dúvidas sobre os erros da Justiça brasileira e o que David tem feito para levar o filho de volta aos EUA.

É comum a disputa de guarda ser considerada “segredo de Justiça?”
É a regra do código de processo civil que casos de direito de família tramitem em segredo de Justiça. Incomum é um juiz expedir ordem proibindo a divulgação por órgãos de imprensa. O segredo de Justiça restringe o acesso ao processo às partes e seus procuradores. Mas não impede a apuração dos fatos pela imprensa. Alguns órgãos que não foram ameaçados por decisão judicial se recusaram a publicar reportagem.

Então, por que a imprensa brasileira retomou o interesse pelo caso agora?
Primeiro o “New York Times” publicou reportagem e mencionou o encontro de ontem entre Hillary (Clinton) e o Celso Amorim nos EUA. A Hillary falou do interesse do governo americano no caso. Hoje a imprensa brasileira enloqueceu por aqui.

As chances do David de ter a guarda do filho aumentaram com a morte da Bruna?
No plano teórico as chances deveriam ter sido as mesmas sempre. Porque a Convenção de Haia não determina a guarda, mas sim em que fórum deverá ser discutida. Nesse caso o fórum mais adequado é o de Nova Jersey, não o do Brasil. A gente não está tentando discutir a guarda dessa criança no Brasil, e nem poderíamos. Na minha opinião essa criança deveria estar nos EUA há muito tempo.

Mas o Brasil não é obrigado pela Convenção de Haia a retornar Sean aos EUA?
Sim. A Convenção de Haia diz o seguinte: toda vez que uma criança é retirada de um país sem a aprovação da lei local, o país para onde ela foi levada tem que ordenar o retorno dessa criança em até seis semanas.

A criança é ouvida nesses casos?
A convenção diz que a criança deve ser ouvida se demonstrar maturidade livre de influência. Por mais madura que seja uma criança de menos de 12 anos, acho difícil o juiz levar em consideração apenas a opinião dela. Depende do caso. Em tese, o juiz pode acatar a vontade de uma criança de 5 anos e rejeitar a de uma de 15.

Como um pai biológico vai ver seu filho no Brasil em outubro, e só consegue fazê-lo em fevereiro?

Primeiro a Justiça brasileira proibiu ele de ver o filho. Quando o direito de visita foi concedido, por alguma razão o padrasto não estava lá com a criança.

O que aconteceria se eu me recusasse a apresentar a criança para a visita do pai?
Você iria preso, assim como eu também iria.

Será que David poderia pedir indenização pelo que ele passou nos últimos 4 anos?
Poderia sim. Mas por enquanto a gente não está pensando nisso. Estamos concentrando todas as nossas energias em como levar a criança de volta para os EUA.

Leitoras disseram que brasileiras pensam duas vezes antes de ter filhos fora do Brasil. Esse receio tem base?
Tenho diversas ações como esta tramitando no meu escritório. No Brasil se discute essas causas como se fosse ações de guarda, e não são. Como os juízes tratam essas causas como ações de guarda, eles têm deixado as crianças com as mães, independente de o quão ilícita tenha sido a forma como a criança entrou no Brasil. Aqui no Brasil, as mães estão ganhando a maior parte dos processos.

Então pode ter sido esta a motivação da Bruna de levar o Sean para o Brasil?
Não tenho a menor dúvida disso.


unquote"
Mom25 (She of Many Names)
A união faz a força

Offline Mom25

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1290
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #1 on: February 27, 2009, 02:18:56 PM »
A mordaça caiu MESMO!!!!!!!!!!!
Mom25 (She of Many Names)
A união faz a força

Offline rcgracia

  • Sr. Member
  • ****
  • Posts: 372
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #2 on: February 27, 2009, 04:30:05 PM »
Sera que e o fim da DITADURA???
 
Quero ver na TV!! Quero ver no Jornal Nacional!!!
Queria tanto ver a cara dos Lins e Silva!!:D
 
 Agora e  so uma  questao de tempo.....

Isabel

  • Guest
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #3 on: February 27, 2009, 05:15:47 PM »
O bom disto é que familias poderosas ou não, agora o caso está debaixo dos olhos do mundo. Já não vão poder fazer mais gato sapato do David Goldman.

Offline roger

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 598
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #4 on: February 27, 2009, 05:24:07 PM »
Correio Braziliense
Assunto: Mundo
Título: 1d Americano quer reaver filho
Data: 26/09/2008
Crédito:
Disputa judicial

David Goldman luta com a família da ex-mulher brasileira pela custódia do menino Sean, trazido para o Brasil em 2004 pela mãe, Bruna Bianchi. Ela se divorciou unilateralmente, casou-se de novo e morreu no mês passado

Da Redação

“David, você é uma pessoa maravilhosa, o pai que eu sempre sonhei para o meu filho. Mas, se quiser vê-lo novamente, você terá de vir ao Brasil imediatamente resolver uma papelada com o meu advogado”, foram as palavras da brasileira Bruna Bianchi Carneiro Ribeiro para terminar o casamento com o americano David Goldman. Ela havia viajado para uma temporada de férias no Brasil e nunca mais voltou aos Estados Unidos. Desde então, o pai luta na Justiça pela guarda do filho. Bruna morreu no mês passado, vítima de complicações no parto de sua segunda filha, Chiara. A briga agora é entre o pai biológico e o último marido da brasileira.

O casamento de Bruna e David, em Nova Jersey, em 1999, começou como conto de fadas e terminou com roteiro de novela antiga. “Éramos uma família feliz”, contou o americano ao Correio, por telefone. Até que, em 16 de junho de 2004, Bruna e o filho Sean, na época com 4 anos, vieram visitar a família no Rio de Janeiro. Os dois nunca retornaram aos EUA. Na Justiça brasileira, Bruna divorciou-se unilateralmente. Anos mais tarde, casou-se com o advogado de família João Paulo Lins e Silva.

Nas primeiras semanas sozinho, David conseguiu conversar três vezes por telefone com o filho. “Quando procurei a Justiça para resolver o problema, me tornei inimigo da família Bianchi”, conta o americano. Depois disso, a única pessoa que podia manter contato com o menino, por telefone ou e-mail, era a avó paterna. Em janeiro passado, depois de quatro anos, o pai conseguiu, por intermédio da avó, conversar com o filho. “Eu disse que o amo, que sinto muita saudade e nunca desisti de ficarmos juntos. Ele foi recíproco, e ainda lembrou de quando a gente jogava boliche e fazia canoagem”, contou, emocionado. “É uma desgraça o que está acontecendo nos tribunais do Rio de Janeiro.”

Assim que soube da morte da ex-mulher, em 22 de agosto, David veio para o Brasil. “Fiquei triste pela família dela, pessoas que um dia eu amei, mas principalmente pelo meu filho. Ele precisa estar comigo, que sempre lutei pelos direitos dele”, alega. Na ausência de resultados imediatos, voltou para os EUA, mas sem perder a esperança de um dia levar Sean “para casa”. “Já que a Justiça não trabalha como deveria, se Deus faz as coisas justas, vai querer que eu fique com meu filho. A hora é agora.”

David Goldman pede a busca e apreensão do filho. O processo já passou pela Justiça Federal, que negou o pedido, e agora está pendente de decisão no Supremo Tribunal Federal (STF). Procurado pela reportagem, o advogado da família Bianchi — o último marido de Bruna, João Paulo Lins e Silva — não quis se manifestar. João Paulo apenas reiterou que a custódia de Sean foi entregue a Bruna, e agora requer a alteração da certidão de nascimento do menino para substituição do nome da paternidade documentária.

Em nota, o Escritório de Assuntos Relativos a Menores (Office of Children’s Issues) do Departamento de Estado dos EUA, em parceria com a embaixada americana em Brasília, afirmou estar providenciando, por meio dos canais diplomáticos, ajuda para Goldman reaver o filho. “Trabalhamos em proximidade com o governo brasileiro para tentar obter o retorno de Sean aos EUA, de acordo com a Convenção de Haia sobre os Aspectos Civis do Seqüestro Internacional de Menores. Agentes consulares estão acompanhando o caso junto aos tribunais federais”, diz o documento.

Offline André Felipe

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1081
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #5 on: February 27, 2009, 05:37:23 PM »
fiquei sabendo pelo NYT, através do UOL.
 
Seria bom se isso se tornasse uma matéria no Fantástico, ai que a coisa pegar fogo pro lado do padrasto.

Offline roger

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 598
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #6 on: February 27, 2009, 05:48:22 PM »
André,
 
Todos os jornalistas da TV Globo conhecem o assunto há anos e, quando questionados, alegam estar proibidos de divulgá-lo por uma ordem judicial da 13ª Vara Cível do Estado do Rio de Janeiro expedida ano passado.

Bruna era muito querida, muito conhecida no Rio e há muitos na imprensa brasileira que se posicionam a favor da família daqui e contra o ex-marido americano. Inclusive uma tia dela, Guta, que é ouvidora da Petrobras e tem se manifestado contra o pai americano. Imagine que Guta foi uma das prisioneiras políticas trocadas pela libertação do embaixador americano Charles Elbrick em 1969. Ela estava naquela famosa foto no Galeão junto com José Dirceu! Eta mundo pequeno. Que situação.
 
Paulo Lins e Silva, pai do padrasto do menino, escreve uma coluna semanal no Globo aos domingos sobre direito de família. Não que ele precise do dinheiro ou de mais prestígio, mas isso te dá uma uma idéia do bom relacionamento dele com as Organizações Globo.

Offline rcgracia

  • Sr. Member
  • ****
  • Posts: 372
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #7 on: February 27, 2009, 05:48:43 PM »
Quote from: André Felipe;988
fiquei sabendo pelo NYT, através do UOL.
 
Seria bom se isso se tornasse uma matéria no Fantástico, ai que a coisa pegar fogo pro lado do padrasto.

E Andre, seria otimo!! Quem sabe!!!:)

Offline André Felipe

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1081
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #8 on: February 27, 2009, 05:53:26 PM »
Quote from: roger;991
André,
 
Todos os jornalistas da TV Globo conhecem o assunto há anos e, quando questionados, alegam estar proibidos de divulgá-lo por uma ordem judicial da 13ª Vara Cível do Estado do Rio de Janeiro expedida ano passado.
 
Bruna era muito querida, muito conhecida no Rio e há muitos na imprensa brasileira que se posicionam a favor da família daqui e contra o ex-marido americano. Inclusive uma tia dela, Guta, que é ouvidora da Petrobras e tem se manifestado contra o pai americano. Imagine que Guta foi uma das prisioneiras políticas trocadas pela libertação do embaixador americano Charles Elbrick em 1969. Ela estava naquela famosa foto no Galeão junto com José Dirceu! Eta mundo pequeno. Que situação.
 
Paulo Lins e Silva, pai do padrasto do menino, escreve uma coluna semanal no Globo aos domingos sobre direito de família. Não que ele precise do dinheiro ou de mais prestígio, mas isso te dá uma uma idéia do bom relacionamento dele com as Organizações Globo.

caraca isso eh mais grave do que eu pensava...que pena, acho que o Fantástico seria um enorme impulso..

Offline Mom25

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1290
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #9 on: February 27, 2009, 06:20:05 PM »
Roger - ele ainda escreve a coluna!? e faz sentido!????
Mom25 (She of Many Names)
A união faz a força

Offline André Felipe

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1081
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #10 on: February 27, 2009, 06:53:07 PM »
ae, daqui a pouco, depois que terminar um programa de auditorio do Silvio Santos, vai começar o jornal do SBT e o apresentador citou o caso do David como uma das matérias jornalísticas :)

Offline mari

  • Jr. Member
  • **
  • Posts: 22
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #11 on: February 27, 2009, 08:18:22 PM »
Quote from: Mom25;999
Roger - ele ainda escreve a coluna!? e faz sentido!????

 
 
Olá Mon25, eu não sou o Roger, mas vou te responder mesmo assim. Sim ele responde  a perguntas sobre questões jurídicas de família na coluna "Qual é o seu problema?" do jornal O Globo, que é publicada aos Domingos.
É basicamente uma pergunta respondida /Domingo, trata de questões de divórcio, separação, partilha de bens, etc.

Offline Mom25

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1290
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #12 on: February 27, 2009, 08:24:12 PM »
Quote from: mari;1017
Olá Mon25, eu não sou o Roger, mas vou te responder mesmo assim. Sim ele responde  a perguntas sobre questões jurídicas de família na coluna "Qual é o seu problema?" do jornal O Globo, que é publicada aos Domingos.
É basicamente uma pergunta respondida /Domingo, trata de questões de divórcio, separação, partilha de bens, etc.


Wow... it is unreal.
Incrivel... queria que ele respondesse sobre algo em relacao ao caso Goldman!! isso sim!
Mom25 (She of Many Names)
A união faz a força

Offline Mom25

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1290
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #13 on: February 27, 2009, 08:25:14 PM »
Quote from: André Felipe;1004
ae, daqui a pouco, depois que terminar um programa de auditorio do Silvio Santos, vai começar o jornal do SBT e o apresentador citou o caso do David como uma das matérias jornalísticas :)


Andre!! sera que vao passar algum clip na TV ai!?  :)
Mom25 (She of Many Names)
A união faz a força

Offline André Felipe

  • Veteran Member
  • *****
  • Posts: 1081
Re: Imprensa brasileira põe fim ao silêncio no caso Goldman
« Reply #14 on: February 27, 2009, 08:29:53 PM »
passou sim e eu achei muito bom!
 
foi uma reportagem de 5 ou 7 minutos, contou toda a historia, mostrou imagens de Celso Amorim com a Hillary Clinton, mostrou ele dizendo que é uma boa evolução que o caso agora está sendo analisado na justiça federal.
 
mostrou várias cenas de David em programas de televisão americano, sendo entrevistado, pessoas distribuindo panfletos numa cidade, e o reporter pediu pra David mandar uma mensagem pro filho dele, David começou dizendo que ama ele, mas não conseguiu dizer mais nada pois começou a chorar.
 
O repórter disse que a equipe tentou entrevistar o padrasto do menino mas ele não respondeu aos chamados. E eles não citaram os nomes do menino e do padrasto sob o argumento de que o processo está sob segredo de justiça.
 
Achei muito boa a reportagem.