Welcome, Guest. Please login or register.

Author Topic: Americanos ja planejam os passos de maio. - Brasil com Z - Eduardo de oliveira  (Read 1060 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Belleizel

  • Sr. Member
  • ****
  • Posts: 266
  • Beautiful place...
Caso Goldman: Americanos já planejam os passos de maio


Embora a Justiça brasileira deva resolver o ‘caso Goldman’ em breve, o grupo de apoio de David Goldman em Nova Jersey está se preparando para uma longa batalha.

Apoiadores do site BringSeanHome.org planejam para 30 de maio uma caminhada para arrecar fundos para que o pai de Sean continue a sua batalha legal. O evento acontece às 11 da manhã, no belíssimo cais da Pier Village, em Long Branch, Nova Jersey.

“Vamos solicitar ajuda (financeira) de amigos e famílias que participarem da caminhada,” disse em comunicado na Internet o grupo, que classificou a batalha de David Goldman de “longa e custosa.”

Hoje também, uma fonte ligada ao processo que corre no Brasil esclareceu que devem ficar prontos nesta sexta-feira, 3, os resultados dos exames psicológicos feitos por David, o padrasto e a avó materna de Sean.

Apoiadores de David Goldman continuam a usar discursos e textos do Dr. Paulo Lins e Silva para questionar se a família brasileira de Sean não estaria contrariando, no caso em questão, os preceitos legais que defendeu com brilhantismo no passado.

Em artigo intitulado “O pai – Uma verdadeira mãe,” publicado no site do Instituto Brasileiro de Direito de Família no dia 13 de fevereiro de 2003, o Dr. Paulo Lins e Silva defende que a emancipação da mulher tem mudado o papel do pai, inclusive podendo justificar a guarda dos filhos para eles.

“O número de homens que nos últimos 10 anos passam mais tempo dentro do lar com os filhos tem-se multiplicado de forma assustadora, se transformando e assumindo as condições de verdadeiros ‘donos de casa’, justificando inclusive para a proteção do interesse dos filhos menores que estes tenham a guarda de seus filhos, nas fases separatórias, diante de estarem mais com os menores no dia-a-dia que as suas mães.” Leia a íntegra do texto aqui.

O trecho – e o artigo – entra em choque com o argumento da família brasileira de que quando ainda era casado com Bruna, David não estaria contribuindo com as despesas de casa – ou de que não trabalhava, alegações rechaçadas pelo pai de Sean.

“Eu sempre trabalhei, como modelo, como corretor de imóveis e também com os barcos. As alegações simplesmente não são verdade,” disse David Goldman em entrevista telefônica.

Diante de tanto calor que o caso tem causado nos leitores do ‘Brasil com Z,’ peço aos comentaristas que respeitem os pontos de vista contrários. O que está em jogo é o futuro de um ser humano que se vê amado, incondicionalmente, por três famílias – do pai, avós maternos e do padrasto.

No entanto, qualquer um pode enxergar a questão com mais clareza quando observar dois aspectos sobre o caso: 1) O que diz a lei internacional, que não privilegia nenhuma nação; 2) Quais argumentos são baseados em fatos documentados, e quais baseiam-se em ataques pessoais.


http://oglobo.globo.com/blogs/brasilcomz/post.asp?t=caso-goldman-americanos-ja-planejam-os-passos-de-maio&cod_Post=174194&a=569

1) A lei internacional esta a favor do David.
2) Os argumentos do David estão em fatos e documentados, agora daquela pessoas sem carater, são ataques, e a maior demonstração de preconceito, que ja fazia tempos que não via.
Estou contente por esta manifestação e desejo que em breve, David and sean possam estar juntos.:cheer: