Welcome, Guest. Please login or register.

Author Topic: Taiwan X Brasil - Caso Iruan Wu  (Read 2441 times)

0 Members and 1 Guest are viewing this topic.

Offline Brandy

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 112
Taiwan X Brasil - Caso Iruan Wu
« on: April 30, 2009, 08:49:28 PM »
Iruan Ergui Wu,

de 8 anos (em 2004), filho de mãe brasileira e pai taiwanês. A mãe morreu quando o menino tinha 2 anos (1998). Criado pela avó materna até os 5, Iruan embarcou em 2001 com o pai para Taiwan, numa viagem de férias. O pai morreu durante o passeio, e o garoto passou a ser criado pelos tios, que reivindicavam sua tutela. A avó brasileira, Rosa Leocádia Ergui, solicitou à Justiça taiwanesa a guarda do neto e venceu o processo – depois de três anos de discussão nos tribunais. Como os tios de Iruan recusavam-se a obedecer à ordem judicial de mandá-lo de volta, o garoto acabou retirado de casa à força pelos policiais
 
 
 
 
A Campanha :
- População de Canoas fará passeata pela volta de Iruan
 
Alunos de escolas públicas estaduais e municipais, políticos e organizações não-governamentais (ONGs) de Canoas realizam na tarde desta quinta-feira uma passeata em favor do menino Iruan
 
Deputados gaúchos pressionam retorno de menino de Taiwan
 
- Queima de brinquedos de Taiwan marca ato pela volta de Iruan
 
A queima de brinquedos originários de Taiwan marcou hoje, no calçadão da cidade de Canoas (RS), o início da campanha de boicote a produtos daquele país e de mobilizações populares em favor da libertação do menino gaúcho Iruan Ergui Wu, de cinco anos, retido desde março em Taiwan por parentes paternos
 
Estado: FHC pede providências ao Itamaraty para tentar trazer Iruan para o Brasil.
 
Brasília - O presidente Fernando Henrique Cardoso pediu ao Itamaraty providências para tentar trazer de volta ao Brasil
 
Relação Brasil e Taiwan fica tensa por causa de Iruan
...O governo brasileiro já estuda a possibilidade de adotar sanções comerciais e de negar vistos a cidadãos taiwaneses se o garoto não for liberado para viajar até o dia 4 de fevereiro, novo prazo estabelecido pela Justiça daquele país para a repatriação.
A informação foi divulgada pela deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) nesta quarta-feira, depois de uma reunião com o ministro da Divisão Jurídica e Consular do Itamaraty, Manoel Gomes Pereira.
 
http://www.correiodobrasil.com.br/noticia.asp?c=45008
 
A Defesa:
.....Redefine-se assim o que é interesse "maior" ou bem estar da criança. Bem estar da criança, hoje, interesse superior da criança, não é apenas bem-estar econômico, mas é realização de seus direitos fundamentais, inclusive seu direito à origem, à manutenção do vínculo familiar e a uma identidade cultural, que inclui esta origem, este nome, esta família, esta sua sociedade de origem. Esta foi uma das conclusões de meu Doutorado, justamente destacando a interpretação pós-moderna do princípio do interesse superior da criança, que hoje deve incluir a realização de seus direitos fundamentais de identidade cultural, inclusive respeito à sua origem, realizado na adoção internacional através do princípio da subsidiariedade (ECA, art. 31 e Art.4 da Convenção de Haia de 1993,já em vigor no Brasil) http://www.mp.rs.gov.br/infancia/doutrina/id140.htm

 
A Volta:

Não, eu não quero voltar", disse o menino à agência Reuters. Muito nervoso com a confusão entre policiais e familiares, o menino de oito anos chorava e resistia enquanto os policiais tentavam retirá-lo dos braços de parentes.
 
fonte:google
« Last Edit: May 01, 2009, 11:45:14 AM by Grace »

Offline Brandy

  • Full Member
  • ***
  • Posts: 112
Re: Taiwan X Brasil - Caso Iruan Wu
« Reply #1 on: April 30, 2009, 09:14:21 PM »
A resistencia da familia de Taiwan levou a policia a retirar Iruan á força.
Lembre-se que David:
Ofereceu um período de transição, durante o qual o contato entre pai e filho se faria no Brasil, com vistas à posterior viagem de retorno aos Estados Unidos.
Tudo recusado pela família materna, que impedia até mesmo um contato, mínimo que fosse, entre pai e filho. Aliás, a família materna omitiu do Sr. David Goldman o falecimento da mãe de seu filho. David soube da tragédia por jornais brasileiros. A família omitiu até do Judiciário a morte da mãe de Sean, apresentando petição ao Supremo Tribunal Federal poucos dias depois, sem fazer menção ao fato, como se nada tivesse acontecido.
Carta de Zamariola:
http://bringseanhome.org/rz1p.html
----------
 
Chegou a vez do Brasil fazer as honras da casa e repatriar Sean.
 
A familia brasileira esta resistindo usando *O bem Estar de Sean*
e querem *Arrancar Sean do Brasil* para comover as pessoas.
Nao facilita nas visitas e ainda intimidam pai e filho.
 
[MAXIMUM FORCE]
« Last Edit: April 30, 2009, 09:21:40 PM by Brandy »